Se você faz parte do mercado de marketing digital, provavelmente você já ouviu falar em testes AB. Eles podem ser aplicados em sites, landing pages, e-commerce, no envio de e-mails… sempre com o intuito de testar a melhor maneira de chamar a atenção do público, vendo o que dá mais resultado. Assim, você pode usar como estratégia nas próximas ações, descartando a opção de menor resultado ou modificando-a e então fazer um novo teste AB comparando com a opção “vencedora” anteriormente ou até com alguma outra opção nova.

Uma das grandes vantagens do marketing digital, é a possibilidade de medir os resultados de cada ação realizada. E através de testes e acompanhamento dos resultados, conseguimos entender o que funciona melhor para o público em questão. Por exemplo, você pode fazer testes de dois formatos diferentes de landing pages para descobrir qual gera a maior taxa de conversão.

Os testes AB podem ajudar a revelar alguns pequenos ajustes no seu site ou e-commerce que pode gerar muito mais visitas, leads e vendas. A mudança de cor de um elemento na página inicial do site, por exemplo, pode provocar um incremento significativo na taxa de conversão. É tudo uma questão de testar vários elementos aos poucos e fazer comparação entre eles e observar os que dão melhor retorno.

testes ab

Aplicações de testes A/B

Os testes AB são usados principalmente no marketing digital. Conheça as situações onde os testes são mais utilizados:

  • Teste de diferentes versões de newsletters e e-mail marketing
  • Processos de otimização de Landing Pages
  • Anúncios no Google AdWords
  • Facebook Ads
  • Teste de engajamento em mídias sociais
  • Testes de usabilidade e páginas de produto em sites e e-commerce e carrinho de compras no caso do e-commerce

 

Testes A/B pra site ou e-commerce

Você também pode comparar diferentes variáveis no site site ou e-commerce através de testes AB, e assim verificar qual opção apresenta mais visitas ou uma maior taxa de conversão para uma meta estabelecida para os testes.

Os testes A/B também, podem ser utilizados para melhorar a usabilidade de um site, já que os resultado podem revelar caminhos que poderiam ser ignorados anteriormente. Se os testes forem feitos em conjunto com uma ferramenta de Heatmap (mapa de calor – mostra onde os usuário mais clicam), os resultados são ainda mais precisos e detalhados.

Esses testem ajudam muito a determinar quais são as preferências do usuário e até perceber padrões de comportamento, podendo fazer uso dessas informações para fazer mudanças que possam atrair e agradar mais os usuários, de modo a satisfazer suas exigências de usabilidade.

Dentre os principais elementos que você deve testar estão: títulos, imagens, vídeos, textos, formulários de e-mail, cores e call to action.

testes-ab

Como fazer testes A/B para um e-commerce

Agora que você já sabe como os testes AB funcionam e quais os seus principais usos, vamos falar um pouco sobre como de fato você pode realizar os testes. Em várias plataformas de e-commerce você pode encontrar uma função que possibilita a realização de testes A/B em lojas virtuais. Mas, se esse não é o seu caso, o Google possui uma ferramente para este fim, ela se chama Google Analytics Content Experiments. Através dessa ferramenta, é possível realizar testes com diversas versões de uma página e obter resultados na própria interface do Google Analytics.

Com a ferramenta você pode determinar um objetivo específico para a conversão, definir qual o percentual da amostra em relação as visitas do site, comparar o desempenho de páginas apresentadas aleatoriamente a quem acessar o seu site e ainda ser notificado por e-mail sobre o andamento do teste iniciado.

 

Agora você já pode iniciar os seus testes, e se tiver algum dúvida, entre em contato com a OUSE. Boa sorte!

 

fonte

guia de ecommerce e viver de blog

Sobre o autor

Simone Povoas

Simone Povoas